Cloud Computing, será que é uma boa opção?

Escrito por:
Publicado em: 4 de maio de 2018
Categoria: Cloud Computing

De forma simples, Cloud Computing ou computação na nuvem significa utilizar recursos computacionais de terceiros que podem ser máquinas virtuais ou serviços, como o de armazenamento por exemplo. Na Cloud Computing esses recursos são gerados, mantidos e administrados por um provedor, e é sua responsabilidade arcar com a fatia que utiliza.

Os serviços de computação na nuvem podem ser divididos em serviços de infraestrutura e armazenaemento, porém, a tecnologia que permite que tudo isso seja acessado pela sua empresa é universal e segue um modelo similar.

Ao contratar recursos na nuvem, paga-se apenas pelo que se utiliza e utiliza-se sempre o máximo da capacidade possível, em uma relação na qual escalabilidade e custo-benefício estão conectados.

A área de TI nas organizações é responsável por criar e manter a infraestrutura sobre a qual a empresa opera. Neste contexto, é necessário que a TI administre atualizações e melhorias constantemente, o que pode gerar sobrecarga de trabalho. Quando isso acontece, o departamento acaba deixando de ser proativo e passando a agir de maneira reativa frente as suas atividades.

Neste cenário, a Cloud Computing propõe uma alternativa bastante interessante. Os recursos computacionais passam a ser administrados por terceiros, que têm a responsabilidade de oferecer o máximo de disponibilidade, eficiência e robustez, desta forma, a área de TI pode direcionar seus esforços para gerar diferenciais competitivos para a empresa.

Outra vantagem proporcionada pela utilização de recursos na nuvem é a redução da necessidade de investimentos em hardware para armazenamento de informações por exemplo. A empresa reduz o investimento em imobilizados e passa a ter uma nova despesa mensal (gasto operacional). É possível reduzir ou aumentar essa despesa de acordo com a necessidade, fato que proporciona um retorno melhor para o negócio. Por isso, pode-se afirmar que a Cloud oferece uma ótima relação custo-benefício.

Outro diferencial da Cloud é a possibilidade de acesso aos dados de onde você estiver. É cada vez mais comum que uma empresa tenha pessoas trabalhando em diferentes lugares e com diferentes jornadas, a nuvem torna isso possível, através da acessibilidade dos dados.

As vantagens são inúmeras, porém, não seria mais seguro deixar tudo armazenado em um só lugar?

A resposta é, não. Centralizar informação importantes em um único data center é a forma mais fácil de torná-las vulneráveis.

A Cloud distribui os dados do seu negócio em vários servidores ao redor do mundo, considerando pontos como a velocidade de acesso e segurança. Isso faz com que os dados na Nuvem estejam relativamente imunes a desastres e possam ser recuperados em uma velocidade altíssima. Além disso, seguem os padrões de segurança do seu provedor, provavelmente um grande player do mercado.

Com todas estas informações, pode-se afirmar que a Cloud Computing não é apenas uma “moda”, ela pode ser um diferencial para tornar sua empresa mais eficiente, competitiva e segura.

Voltar ao topo