A importância do Orçamento para a TI da sua Empresa

Escrito por:
Publicado em: 4 de maio de 2018
Categoria: Gestão de TI

 

IWC replica watches

Apesar do cenário de crise dos últimos anos em nosso país, observa-se que os investimentos em tecnologia continuaram em crescimento (apesar de taxas mais baixas e orçamentos de TI destinados, em sua maioria, à manutenção de tecnologias preexistentes).

Para assegurar que a área de TI terá condições de atender as demandas de todos os setores da empresa e servir de apoio ao crescimento almejado, é essencial elaborar um orçamento prevendo os acontecimentos planejados para o período. Para tal, é fundamental um levantamento de dados sobre as necessidades da sua empresa. Neste contexto, há alguns pontos fundamentais que devem ser considerados, como:

– Ferramentas Necessárias
Deve-se fazer uma análise sobre ferramentas necessárias para melhorar a gestão e o funcionamento da sua empresa, bem como, sobre os equipamentos de TI que precisam ser melhorados ou ainda, os equipamentos que estão sendo sub utilizados;

– Organização
Um orçamento planejado para a área não se faz de um dia para o outro. Depois de realizar os levantamentos, é necessário considerar a quantidade de pessoas que será movimentada, tempo total para finalização do processo, prazos de entrega, forma de aquisição dos hardwares e softwares e também as formas de pagamento. Tudo isso demanda tempo e planejamento.

– Execução
A próxima etapa é acompanhar o andamento das atividades planejadas a fim de assegurar que o andamento ocorra de acordo com as necessidades reais. Somente assim, é possível gerar relatórios de acompanhamento e organizar os recursos disponíveis para a continuidade do processo.

– Acompanhamento
Qualquer planejamento, para dar certo, precisa seguir um cronograma. Você pode adotar ferramentas que auxiliem na gestão e andamento das tarefas, além de centralizar o processo em um gestor de TI.

Fatores a considerar
É importante estar preparado não somente para as boas expectativas, mas também para as projeções de erros e riscos envolvidos, incluindo as necessidades da empresa a longo prazo. Fique atento, também, aos pontos fundamentais que o orçamento de TI deve considerar, tais como:

Custos de substituição dos sistemas;
Custos fixos da área;
Custos de manutenções do dia a dia;
Custos de licenças de hardwares e de softwares;
Provável gasto com falhas dos sistemas.

Além disso, você pode usar um roteiro com check-list para ajudá-lo na confecção do orçamento de TI. Nessa lista deverão constar itens como:

Manutenção e suporte;
Ferramentas (laptop, cabeamento, firewalls, switches, garantias, e outras questões relacionadas a hardware);
Softwares (licenças, desde relacionado a servidor até desktop, backups, antivírus entre outros);
Tecnologia cloud computing;
Projetos (previsão relacionada aos futuros investimentos em TI).

Com estas informações, é possível começar a elaborar o orçamento de TI da sua empresa. A tarefa é trabalhosa, porém muito importante para que a TI desempenhe seu papel estratégico dentro das organizações.

Voltar ao topo