A Transformação Digital e as áreas de negócios

Escrito por:
Publicado em: 3 de maio de 2018
Categoria: Gestão de TI

Companhias que não se atentarem à revolução digital poderão perder mercado ou, até mesmo, desaparecer!

Já sabemos da importância da Transformação Digital (TD) para o mercado como um todo. Inúmeras pesquisas, realizadas em diferentes partes do mundo e com empresas de diversos setores comprovam essa afirmação.

A IMD, escola de negócios na Suíça, concluiu em pesquisa realizada com 941 líderes empresariais de 12 indústrias em todo o mundo, que companhias que não se atentarem à revolução digital poderão perder mercado ou, até mesmo, desaparecer.

Já a CompTIA constatou (em pesquisa com mais de 300 companhias) que 36% das empresas acreditam que as áreas de negócios desempenham papel crítico na estratégia, 43% dizem que facilitam os processos, 39% utilizam para impulsionar resultados e 34% estão redefinindo seus negócios devido à tecnologia. Isso reforça o discurso de que tecnologia e inovação não são assuntos somente da TI.

A TI, portanto, deixa de ser uma área que apenas disponibiliza ativos computacionais, necessários ao dia a dia de uma empresa, e passa a ser uma área de perfil mais consultivo e colaborativo, o que demanda maior engajamento e conhecimento do funcionamento de todas as áreas da corporação, afim de descobrirem, junto com essas áreas, oportunidades de compartilhar soluções como transformadores digitais.

 Essa é a pergunta a ser respondida aos Heads das Companhias quando se quer implantar soluções inovadoras.

Na verdade, ao fim do dia, não importa o quanto uma solução Inovadora melhoraria um determinado processo para um determinado setor, mas o quanto essa Inovação vai trazer de resultados aos números da corporação como um todo. Apenas quando alcançarmos essa resposta, conseguiremos efetivamente implantar soluções transformacional nas empresas.

Então quer dizer que as áreas em si não são importantes? Claro que são! Comparando uma empresa a um motor, cada área funciona como uma parte desse motor e sem qualquer uma dessas partes o motor deixa de funcionar.

Dentro das empresas, porém, no dia a dia, cada área se enxerga como uma parte independente, com perspectivas e linguagens independentes, na maioria das vezes não interagem e, por conta disso, não têm a visão da corporação como um todo, das suas necessidades, interesses e limitações. Esse é um dos grandes entraves para a TD acontecer dentro de uma empresa.

Voltar ao topo